Vigilância registra mais quatro casos de dengue em Rio Claro

Com esses novos registros, município tem confirmado cinco casos de dengue e um de chikungunya desde o início do ano. Fundação de Saúde pede a colaboração da comunidade nas ações de prevenção.

Boletim divulgado nesta sexta-feira (17) pela Vigilância Epidemiológica de Rio Claro confirma mais quatro casos de dengue registrados no município. Todos os casos são autóctones, ou seja, contraídos na própria cidade. Três deles são de moradores do bairro Cidade Jardim e um do Terra Nova. Com esses novos registros, Rio Claro soma cinco casos positivos de dengue e um de chikungunya desde o início do ano.

As ações de combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e zika vírus continuam. A Fundação Municipal de Saúde solicita a colaboração da população para ajudar na eliminação dos criadouros, já que 80% deles estão dentro das residências.

A comunidade também deve ficar atenta aos indícios da dengue. Entre os sintomas mais comuns da doença estão febre alta com início súbito, forte dor de cabeça, dor atrás dos olhos que piora com o movimento dos mesmos, perda do paladar e apetite, manchas e erupções na pele semelhantes ao sarampo (principalmente no tórax e membros superiores), tonturas e extremo cansaço.

O tempo médio do ciclo da dengue é de 5 a 6 dias e o intervalo entre a picada e a manifestação da doença chama-se período de incubação. É só depois desse período que os sintomas aparecem. Geralmente os sintomas se manifestam a partir do terceiro dia depois da picada do mosquito.  

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.